Curso de Ciência da Computação da Unicap desenvolve projeto que forma alunos em parceria com empresas do mercado

O curso de Ciência da Computação da Universidade Católica de Pernambuco vai lançar, nesta quinta-feira (6), às 19h, no auditório G1, a sua Residência em Engenharia de Software. O projeto de extensão consiste em fazer com que alunos resolvam problemas reais de empresas do mercado ainda dentro da Universidade. Tudo sob a supervisão de professores.

O coordenador do projeto, o professor Fernando Wanderley, explica que o método utilizado é o do PBL (Problem Based Learning), Aprendizado Baseado em Problemas em tradução livre. A metodologia é parecida com a já usada nos cursos da área de Saúde, principalmente medicina, no caso do período de residência nos hospitais.

Iniciativa semelhante vem sendo desenvolvida entre o curso de Engenhara Civil da Unicap e o Icam (Instituto Católico de Artes e Ofícios – em tradução livre). A instituição francesa fundada em 1898 por industriais e jesuítas capacita engenheiros para atuação em escala global visando o desenvolvimento internacional.

“Vamos desenvolver uma fábrica-escola de softwares, um espaço experimental de desenvolvimento de softwares. A ideia é que as empresas coloquem problemas reais, pontos focais e os alunos resolvam o problema em determinado espaço de tempo”,disse Fernando.

Dezesseis alunos já foram selecionados e Lucas Pitt, 25 anos, estudante do 8º período está entre eles. “Estou achando ótimo porque tive pouca experiência no mercado e agora estou tendo mais contato com as empresas”, afirmou.

Nesta fase inaugural, quatro empresas já fecharam parceria com a Unicap. Vale ressaltar que o projeto não é destinado exclusivamente a corporações da área de tecnologia. A rede de academias Self It será representada no evento por sua diretoria de tecnologia. Os outros parceiros são a RCR Locação, que trabalha com logística; a Foton Informática; e a Informata.

“Um dos nossos objetivos é o de promover espaço de diálogo entre indústria e a Universidade para a formação holística do aluno. É um curso de extensão que contribuirá para a formação complementar do aluno. A ideia é fazer com que ele aprenda a se relacionar, a ter compromissos com prazos entre o desenvolvimento de outras competências e habilidades”, frisou o professor Fernando.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.