Clínica de Psicologia estimula socialização de idosos através de confraternização junina

O Serviço de Atenção Psicológica ao Idoso (SAI), da Clínica de Psicologia da Universidade Católica de Pernambuco, realizou na última sexta-feira (07), uma confraternização junina com idosos atendidos pela instituição. No encontro, promovido para incentivar a socialização entre eles, houve muita música, dança, conversas e comidas típicas do período de São João.

Coordenadora de estágios em Psicologia Clínica e membro do SAI, a professora Cirlene Sales da Silva, acredita que a relevância do serviço está na contribuição que dá para a melhora intelectiva da pessoa idosa. “Uma das ramificações do Serviço de Atenção Psicológica ao Idoso é a estimulação e a reabilitação cognitiva. Esse é um programa que visa atender aos idosos que tenham problema de esquecimento ou que tenham algum tipo de demência que atinge a memória e que precisa ser estimulada”, explica a professora, pontuando que sempre nas datas festivas o grupo se reúne.

Eventos como o de sexta estão inseridos numa preocupação da Unicap em melhorar a qualidade de vida e trazer mais dignidade para essa população. “A Unicap é uma universidade que podemos considerar amiga do idoso. Porque, atualmente, é uma das universidades que mais tem programas voltados para a pessoa idosa”, esclarece Cirlene.

Elizete Maciel, coordenadora do grupo, afirma que além dos momentos de culminância entre a turma, acontecem diversas atividades que visam incentivar a cognição dos atendidos. “A gente trabalha a orientação espacial, temporal, atenção, linguagem, cálculo, raciocínio e a própria dinâmica de grupo. Cada um tem um tempo de envelhecimento diferenciado, cada um encara esse envelhecimento de forma diferente e as atividades são correlacionadas. Eles se mobilizam como um grupo de ação e coação.”

Graduada em Serviço Social há 30 anos, pela própria Unicap, Lucila Soares encontrou na instituição um ambiente capaz de ajudá-la a superar a perda de marido. Primeiro, resolveu voltar aos estudos e cursou a Especialização em Gerontologia. Já especialista, conheceu o SAI e redescobriu os prazeres da vida. “A minha turma, junto com a professora Cirlene, me deu novo ânimo. Quando eu vim para a estimulação cognitiva, completou. Apesar dos meus 72 anos, eu estou me sentindo viva”, conta emocionada.

Lucila Soares

Os que desejarem utilizar o Serviço de Atenção Psicológica ao Idoso (SAI) devem ir até a secretaria da Clínica de Psicologia, que fica localizada no 5º andar do Bloco C.  A partir disso, é realizada uma anamnese para que o idoso seja encaminhado para atividades de atendimento condizentes com o seu estado clínico e sigam acompanhados pelos profissionais da Unicap.

print
Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.