Católica e Gajop promovem Seminário Internacional 50 anos do Golpe e a nova Agenda de Transição

A Universidade Católica de Pernambuco, por meio do Instituto Humanitas Unicap, e o Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (Gajop) irão promover o Seminário Internacional 50 anos do Golpe e a nova Agenda de Transição, que será realizado entre os próximos dias 10 e 14 de março no campus. O evento marca os 50 anos de acontecimentos históricos como o Golpe Militar de 1964, a chegada de Dom Helder Camara ao Recife e a deposição do então governador de Pernambuco Miguel Arraes, além dos 45 anos do assassinato do Padre Antônio Henrique Pereira.

A programação contará com 65 palestrantes vindos de outros países. Paralelamente ao seminário, irão ocorrer outros eventos: o Encontro Hemisférico de Procuradores de Justiça; o workshop da Coalizão para os Centros de Memória; a reunião do IDEJUST – grupo de pesquisa sobre a Internacionalização do Direito e Justiça de Transição, e a caravana da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça. O público também poderá conferir exposições fotográficas sobre Miguel Arraes, além de parte do acervo do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano.

Além do Gajop e Unicap, que ficará a cargo da coordenação científica, o seminário é promovido pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça; Comitê Memória, Verdade e Justiça de Pernambuco; Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Camara do Governo de Pernambuco e Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A iniciativa tem apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone do Gajop: (81) 3092-5252.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.