Campus da Unicap passa por reformas estruturais

IMG_6112
Fotos: Daniel França

IMG_6127A volta às aulas em agosto vai trazer um clima de novidade para os frequentadores do campus da Universidade Católica de Pernambuco. As mudanças já são visíveis em alguns blocos. No térreo do bloco B, foi instalada a nova secretaria do Centro de Ciências Biológicas e Saúde (CCBS). O ambiente abrange também sala de reunião, diretoria e coordenações de cursos. No 7º andar, quatro salas de aula foram completamente reformadas.

IMG_6118Já quem passar pelo térreo do bloco C verá que a fachada ganhou novos revestimentos.  Lá dentro, o setor de Achados e Perdidos, o Posto Médico (que deixou o térreo do bloco G),  e a Divisão de Manutenção Predial (DMP) foram repaginados. No 1º andar estão sendo finalizadas uma sala para a Pastoral e outra de convivência para os funcionários. “Ainda estamos estudando como vamos ocupar os demais andares”, explicou o Pró-reitor Administrativo, Prof. Luciano Pinheiro.

 

IMG_6109A poucos metros dali, próximo à Capela, é possível ver um canteiro de obras. As dependências nas quais estavam localizadas o antigo posto médico, a Pastoral e salão de convivência foram demolidos para dar lugar a uma área verde. No local será construído um acesso de pedestres que ligará a Rua do Príncipe ao bloco B, com base no que há de mais moderno em termos de acessibilidade. “Esta é a primeira fase do nosso projeto de rotas acessíveis”, ressalta Luciano ao mencionar que naquele trecho do estacionamento serão criadas seis vagas para carros.

 

Auditórios – Os eventos organizados na Unicap também terão uma ‘nova cara’ graças à reforma dos principais auditórios. No do bloco J, onde está a estrutura dos cursos de Enfermagem e Medicina, estão sendo instalados novos equipamentos de som, iluminação e palco. O local terá 150 assentos.

IMG_6166Mas as maiores intervenções estão no G1 e G2. A mudança é radical. Paredes e tetos estão ganhando um revestimento especial em gesso acartonado. Os pisos serão trocados com a instalação de laminados de madeira. Os equipamentos de som passarão por um up grade. A iluminação será totalmente nova. Muda também o posicionamento das poltronas. Além de mais ergonômicos, os assentos serão colocados de forma alternada, não ficando exatamente uma fileira atrás da outra, o que facilitará a visualização do palco pelo público. Obesos e portadores de deficiência terão lugares especialmente projetados para eles.

O ganho em conforto provocou uma diminuição na quantidade de lugares. O G1 passará de 270 para 193. O G2, que tinha 450, terá 340 assentos. Segundo a Pró-reitoria Administrativa (Prad), a previsão é de que todas essas obras sejam concluídas até o próximo mês de setembro. “Há anos a Universidade já vem se preparando para garantir as reservas necessárias para essas intervenções  no campus. Fizemos manobras contábeis para que isso não venha gerar impactos nas mensalidades. O custo foi diluído, tanto é que os reajustes são feitos apenas a partir dos índices de inflação”, explica o Prof. Luciano Pinheiro.

Perspectiva – E as obras estão apenas começando. A quadra coberta do Complexo Nóbrega será requalificada. Gradis, instalações sanitárias, vestuários, piso e iluminação serão trocados. A Coordenação de Esportes e Recreação (CER, antiga Cogesp), sairá das dependências do estacionamento dos alunos. “As atividades esportivas da Universidade se concentrarão nas instalações do Liceu Nóbrega e na quadra coberta do bloco A”, diz Luciano.  Com a saída da Cogesp, as antigas quadras serão demolidas. O espaço será ocupado pelas oficinas hidráulica, elétrica, de refrigeração, carpintaria e serralharia. O estacionamento dos alunos vai ganhar mais 100 vagas.

Manutenção – Além das obras de melhorias e construção de novos ambientes, a Prad tem reforçado as ações de manutenção.  As cobertas do bloco G estão ganhando tratamento especial contra infiltrações. As películas de proteção solar estão sendo trocadas. A instalação de corrimãos faz parte do projeto de acessibilidade da Unicap. Em quatro andares do edifício, os tablados e quadros tiveram altura ajustada. O sistema de descarga elétrica e para-raios  passa por uma modernização. As intervenções poderão ser percebidas nos prédios da Coordenação de Tecnologia de Informação (CTI) e bloco J. Cada um dos prédios foi equipado com um gerador de energia. Na Biblioteca, os dez aparelhos que compõem o sistema de refrigeração ( os chamados ‘splitões’), o alarme e os equipamentos anti-incêndio foram incrementados. “Nós intensificamos as intervenções neste período de férias para não prejudicar as atividades acadêmicas”, finaliza Luciano.

Confira abaixo outras fotos das reformas.

 

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.