Assessor de Relações Internacionais da Católica é nomeado Cônsul Honorário de Malta no Recife

Prof. Dr. Thales Castro, Cônsul Honorário de Malta

A Universidade Católica de Pernambuco recebeu, ontem, uma notícia muito importante para a instituição. O assessor de Relações Internacionais, Prof. Dr. Thales Castro, foi nomeado Cônsul Honorário de Malta no Recife. A iniciativa do Ministério das Relações Exteriores da República de Malta se confirmou por meio do Itamaraty.

Malta é um conjunto de ilhas ao extremo sul da Itália no coração do Mar Mediterrâneo. Com uma localização privilegiada, projeta-se como um ponto estratégico de entrada de várias empresas brasileiras no mercado europeu pelo ambiente proativo de negócios e pelas vantagens tributárias, além de representar eixo de comércio marítimo e transbordo com todo o Norte da África, com o Oriente Médio e Ásia.

Como Estado soberano, Malta é bastante jovem, tendo adquirido sua independência do Reino Unido, em 21 de setembro de 1964, mesmo ano que ingressou na Organizações das Nações Unidas (ONU). Em 2004, Malta ingressa na União Europeia e, em 2008, adota o euro como moeda, retirando a antiga lira maltesa de circulação.

Dr. Thales Castro ministrando conferência em jantar formal da Sociedade Consular de Pernambuco presidido pelo Decano do Corpo Consular do Brasil.

Malta e Brasil são países de dimensões geodemográficas bastante distintas, porém estão unidos por grande potencial. O Brasil é o quinto país em área do mundo com 8,5 milhões de km2, sendo o maior país em extensão da América Latina, enquanto que Malta é o menor dos países-membros da União Europeia com 316 km2. O português é a única língua oficial do Brasil, em Malta duas línguas são oficiais: o inglês e o maltês, de raiz semítica. Há, em contrapartida, muitas semelhanças entre os dois países: ambos são multiétnicos e multiculturais, onde convive com tranquilidade uma sociedade plural, unida por um amplo mosaico de heranças históricas e culturais.  Brasil e Malta partilham a fé cristã católica como predominante da população. Embora ambos sejam democráticos e republicanos, o sistema de governo parlamentarista de Malta se diferencia do presidencialismo brasileiro. Ambos são países que buscaram a integração regional competitiva como forma de ampliar seus mercados geoeconômicos no contexto da União Europeia com relação à Malta e, no caso do Brasil, no âmbito do Mercosul e da Unasul.

Outorga da "Ordem do Mérito Consular" da Federação Mundial de Cônsules (FICAC) ao Prof. Thales Castro, ao Embaixador do Senegal no Brasil, Sr. Fodé Seck, e ao Reitor da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), Pe. Pedro Rubens, SJ.

Na educação, a relação dos dois países oferece um conjunto de oportunidades com ampla cooperação e aproximação. Criação de convênios de intercâmbio, de mobilidade, de pesquisas em conjunto e de dupla titulação que podem ser geradas envolvendo universidades dos dois países são bastante promissores. Vale citar a Universidade de Malta, do século 16, uma instituição pública com, aproximadamente, 10 mil alunos, que poderá oferecer possibilidades de acordos importantes com universidades e faculdades brasileiras. “Creio que muitas oportunidades de cooperação e interlocuções políticas, culturais, educacionais, econômicas, comerciais e de investimentos se consolidam para a Católica e para o Estado de Pernambuco. Além disso, as redes internacionais de cooperação vigentes, como a Cátedra Adenauer, convênios com universidades europeias e o Núcleo de Estudos da América Latina (Neal) podem ser ainda mais aprofundadas”, disse Castro.

O Consulado da República de Malta, no Recife, tem jurisdição para Pernambuco, Alagoas e Paraíba. Foi instalado com vistas a cumprir as funções e os objetivos gerais estabelecidos na Convenção de Viena sobre Relações Consulares (CVRC) de 1963, em especial, seu Artigo 5. Dentre as finalidades principais previstas na CVRC, em síntese, cabe citar: prestar assistência aos cidadãos malteses nesta área do Nordeste, informar sobre aspectos dos dois países nos campos político, social, jurídico-diplomático, científico, cultural, turístico, econômico-comercial e histórico, proteger os interesses de Malta em sentido amplo, além de representar, oficialmente, o país europeu nesta parte do Brasil. O Consulado está localizado na Avenida Agamenon Magalhães, uma das principais áreas de concentração bancária e de negócios do Recife, no bairro do Espinheiro. Ele fica na sala 403, do Sobrado empresarial.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário