Alunos de Jornalismo e Psicologia desenvolvem aplicativo sobre a Covid-19

O altruísmo de dois alunos da Católica tem feito a diferença para muita gente em meio à pandemia do novo coronavírus. A vontade de ajudar ao próximo motivou o aluno de Jornalismo, Jeovani Cipriano, e a aluna de Psicologia, Rebeca Beatriz, a criarem um aplicativo sobre a Covid-19. O App traz um mix de informações sobre sintomas, formas prevenção, mapeamento de casos na Região Metropolitana do Recife e abas com espaços de apoio emocional por meio de bate-papo e para doações a comunidades carentes.

“São dois ícones: um deles é o ‘ombro amigo’, um espaço de bate-papo para os usuários contarem o que estão sentindo. A ideia é apoiar uns aos outros”, explica Rebeca. O ambiente recebe depoimentos de pessoas que já passaram pela doença com mensagens de superação.

“Essa pandemia é algo que mexe muito com o psicológico das pessoas. Diante de tantas tragédias, tantos números, ver que tanta gente superou pode estimular o pensamento positivo, que também é benéfico para a saúde”, completa a aluna do 8º período de Psicologia ao mencionar que a aplicação também pode ser útil para quem não teve a doença. “Tem muita gente que não está com a Covid, mas está adoecida psicologicamente e precisa de uma palavra de apoio para saber que não estão sozinhas”.

Outra forma de ajudar as pessoas é a qualidade da informação, um remédio para combater a infecção de fake News. O App conta com uma seção de checagem de notícias. “Se o usuário recebe um link, uma foto ou um vídeo e deseja saber se é verdade, basta mandar para a gente e em 24 horas a gente retorna dizendo se é ou não verdade”, afirma Jeovani Cipriano.

A ideia do casal de namorados chamou a atenção da mídia local, que fez várias reportagens a exemplo do Jornal do Commercio, Folha de Pernambuco, portal Leia Já, TV Jornal e TV Tribuna. Entre julho e agosto, o App teve pico de 1.625 acessos. “Estamos com o App disponível nas lojas do Google e Android e desenvolvendo uma versão para o IOS”, detalha Jeovani lembrando que o aplicativo está disponível no site applink.com.br/infocovid-19.

Jeovani contou que teve uma tia que pegou a Covid-19. Dona Nivalda, moradora de Igarassu, chegou a ficar uma semana internada no hospital e se recuperou a tempo de se orgulhar do sobrinho. “Me senti realizado porque temos que fazer o nosso papel da sociedade e ajudar o próximo. Tive chance de contribuir um pouquinho e é gratificante ter o reconhecimento da população”, diz Jeovani.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.