Aena abre chamada para aceleração de startups com projetos de gerenciamento e operação aeroportuária

Com informações da assessoria de Comunicação da Aena Ventures 

Alinhada com as novas formas tecnológicas para encontrar soluções inovadoras para os desafios do mundo, a líder mundial em gestão aeroportuária, a Aena, criou um programa de aceleração de startups, a Aena Ventures. Como primeira iniciativa, serão selecionadas cinco startups de qualquer parte do mundo que apresentem projetos com soluções para desafios atuais e futuros enfrentados pelo setor de transporte aéreo.

Os grupos terão um financiamento de até 50 mil euros para a implementação das ideias. A companhia procura iniciativas que permitam utilizar tecnologia, novos
modelos de negócios em infraestrutura aeroportuária e desenvolvimento de sistemas inteligentes que possam melhorar a experiência do cliente.

O processo de aceleração contará com a mentoria de especialistas do setor aeroportuário que irão ajudar a orientar os projetos, além de apoio em instalações físicas e o financiamento no valor de 50 mil euros para a implementação das soluções desenvolvidas. Os grupos com mais destaque poderão, ainda, ter a oportunidade de firmar contrato com a Aena no valor de até 2 milhões de euros para o desenvolvimento e implantação do projeto em aeroportos selecionados.

Para participar, os projetos precisam se enquadrar em um dos cinco eixos
propostos:

● Agilidade nos procedimentos e viagens ao aeroporto
● Experiência do passageiro
● Comunicação com o passageiro
● Sustentabilidade
● Bagagem em geral

Em todo o mundo, as startups têm até o dia 14 de setembro para apresentar os projetos à Aena Ventures, que deverá iniciar o processo de aceleração ainda neste ano de 2020. Os grupos interessados podem se registrar através do site: www.aenaventures.com. O prazo de inscrições vai até 14 de setembro.

Sobre a Aena Brasil – Aena Brasil é a marca registrada da companhia espanhola Aena, considerada pelo Conselho Internacional de Aeroportos como a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros, com mais de 275,2 milhões em 2019 na Espanha.

Desde começo de 2020, administra a concessão de seis aeroportos da região Nordeste: Recife (PE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB),
Aracaju (SE) e Maceió (AL). Em 2019, os seis aeroportos somaram 13,7 milhões de passageiros. Na Espanha, opera 46 aeroportos e 2 heliportos.

É acionista controlador, com 51%, do aeroporto de Londres-Luton no Reino Unido, além de gerenciar aeroportos no México (12), Colômbia (2) e Jamaica (2), que totalizaram um volume de passageiros de 78,2 milhões em 2019. Além disso, presta serviços de consultoria para clientes estratégicos como a Companhia de Aeroportos de Cuba – ECASA.

print

Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.