Abril pras Artes traz temática de cultura de raiz

Em comemoração aos 40 anos da Fundação Antônio dos Santos Abranches (Fasa), durante todo o ano acontecerá uma série de atividades e eventos. Um desses projetos é o Abril pras Artes, iniciativa sociocultural que pretende fortalecer a cultura nordestina e aproximar ainda mais a arte das atividades acadêmicas. A primeira edição traz para o fórum de debate o tema: “Qual a importância da cultura de raiz no conhecimento cientifico”.

Uma das mesas de debate foi organizada pelo curso de Fotografia, coordenado pela professora Renata Victor. Foram convidados os fotógrafos Roberta Guimarães, Ana Araújo, Eudes Regis e Luciana Dantas.  “Todos desenvolveram trabalhos criados a partir do Funcultura que envolvem a cultura de raiz”, explicou Renata.

Roberta Guimarães apresentou seu trabalho com o candomblé, Ana Araújo explicou sobre seu trabalho com as mulheres de Tacaratu, Eudes Regis trouxe a temática do maracatu e Luciana Dantas contou sobre o trabalho que desenvolveu a respeito do protagonismo feminino na perpetuação da cultura das casas de farinha. Luciana comentou sobre a importância de trabalhos em relação à cultura de raiz como forma de promover a cultura que não está em evidência. “A questão não era só o registro, é uma atividade pouco valorizada. Então, o intuito do projeto também foi promovê-la”, explicou.

print
Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.