Abril Pras Artes marca 40 anos da Fasa

Nesta quinta-feira (25) aconteceu o Abril Pras Artes em homenagem aos  40 anos da Fasa.  O evento teve como tema “Qual a importância do conhecimento da cultura raiz no conhecimento científico”, enchendo assim o campus da Universidade com diversas expressões culturais, trazendo exposições de moda, fotografia, palestras, feiras e debates.

O evento começou com a palestra inspirada no livro “O pequeno príncipe em cordel”, de Josué Limeira e do ilustrador Vladimir Barros. Além dos autores da obra, estavam presentes também o cordelista J.Borges  e o produtor cultural Antonio Marinho. Mediada pela professora do curso de História Maria do Rosário, a conversa trouxe elementos importantes da cultura pernambucana, como a xilogravura e o cordel, e também perpassou pelo movimento armorial.

Para o ilustrador e designer Vladimir Barros, a cultura regional é um elemento indispensável para as artes e para o aprendizado, e o evento permite a abertura para esse debate e a perpetuação da cultura do estado.

                                                                                   .

Na área externa do auditório Dom Helder, estavam sendo vendidas xilogravuras do artista da cidade de Bezerros. J. Borges falou um pouco sobre a carreira dele. Como começou a escrever cordéis, a maneira como foram feitos os primeiros desenhos que, depois, foi descobrir que se chamavam xilogravuras.

A feira localizada no hall do bloco G contou com exposição de J. Borges, comercialização de artesanato produzido por alunos e ex-alunos e venda de comidas diversas.

 

A aluna Eline, do curso de Publicidade e Propaganda, diz que é importante estar presente nas palestras. “Como nasci em São Paulo, admiro a cultura pernambucana devido à valorização que o povo pernambucano dá a sua cultura. Os palestrantes presentes são muito bons e espero conhecer um pouco mais da cultura desta terra, que não é só pobreza. Tem muita coisa bonita para ser mostrada”, enfatizou.

print
Compartilhe:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.